Vale do Paraíba tem mês mais violento desde 2020, com 38 homicídios

Número de homicídios cresceu em 65% com relação a 2021; Cruzeiro e Lorena lideram ranking de 2022.

26 MAI 2022   |   Por Jornalismo / Halysson Simões  |   09:35
Foto: Reprodução
Vale do Paraíba tem mês mais violento desde 2020, com 38 homicídios
Vale do Paraíba tem mês mais violento desde 2020, com 38 homicídios.

Com 38 vítimas de homicídios em abril, Vale do Paraíba tem mês mais violento desde novembro de 2020, quando foram registrados 40 assassinatos, de acordo com dados oficiais da SSP (Secretaria de Estado de Segurança Pública).

Nenhuma região do estado de São Paulo chegou perto desse número. O segundo lugar em violência é a região de Ribeirão Preto, que teve 21 vítimas de homicídio em abril.

Também é um aumento de 65% na comparação com as 23 vítimas de homicídio de abril do ano passado, que foi um dos meses menos violento de 2021.

Lorena e Cruzeiro tornaram-se as cidades mais violentas do Vale em 2022. Nos quatro meses do ano, os dois municípios lideram o ranking regional da quantidade de vítimas de homicídio e latrocínio.

Lorena tem 17 homicídios e Cruzeiro registrou 15, sem nenhum latrocínio. No ano passado, de janeiro a abril, as cidades tinham 2 e 12 vítimas de homicídio, respectivamente. Lorena teve 750% de aumento no indicador.

Em sequência no ranking de 2022, Pindamonhangaba aparece com 14 crimes violentos, Caraguatatuba com 13, São José dos Campos com 13, Taubaté com 12, e Jacareí com apenas 3.

 

*Com Informações: O Vale

















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.