Coronavírus: empresários investem em 'lives' como negócio durante quarentena

Empresas oferecem transmissão ao vivo para cantores, igrejas e empresas. Estrutura com áudio e vídeo custa a partir de R$ 700.

18 MAI 2020   |   Por Jornalismo  |   10:08
Foto: Reprodução
Coronavírus: empresários investem em 'lives' como negócio durante quarentena
Coronavírus: empresários investem em 'lives' como negócio durante quarentena

O isolamento social distanciou, mas a internet trouxe uma forma de aproximar. Se a gente já era conectado, a pandemia tornou isso ainda mais forte. As 'lives', modelos de videoconferências disponíveis em redes sociais roubaram a cena e trazem dos músicos de boteco a aulas online. Além de uma forma de se comunicar, empresas viram na modalidade uma chance de negócio.

 

A Vitória Silvino abriu uma empresa de produção audiovisual e mídia digital quando veio a pandemia. O negócio mal começava a caminhar quando viu os primeiros clientes congelarem contratos e os custos iniciais pesaram no orçamento.

 

A ideia da live veio depois do pedido de uma igreja que, fechada por decreto, decidiu fazer as celebrações online. Desde então, ela já atendeu músicos, outras igrejas e cursos.

 

Desde o começo do isolamento, foram 15 transmissões ao vivo. O serviço que inclui profissional de vídeo e áudio custa a partir de R$ 700.

 

O Huallan Baptista deixou a carteira assinada para empreender em 2020. Formado em Rádio e TV com especialização em cinema, abriu uma produtora. A ideia era fortalecer a produção de audiovisual na região, atendendo marcas e empresas.

 

Com o isolamento, a empresa mal havia começado e já se viu parada. A chegada das lives foi um respiro para o negócio, mas ele explica que pretende investir como uma nova forma de serviço para a agência.

 

Na empresa dele, os focos são músicos e o mercado religioso. Outro nicho que as duas empresas não apostavam antes e que agora foi incluído ao negócio.

 

Fonte: G1

















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.