Funcionários da Gestamp aprovam acordo para revisão de salário e PLR

Funcionários aceitaram proposta que previa não aumento, mas revisão do salário com base na inflação. Além de PLR, paga em duas parcelas.

18 MAI 2020   |   Por Jornalismo  |   08:56
Foto: Reprodução

Os trabalhadores da Gestamp, de Taubaté, aprovaram em assembleia online feita neste domingo (17) a proposta de revisão de salário e Participação nos Lucros (PLR) feita pela empresa. De acordo com o sindicato, a empresa vai fazer a reposição da inflação nos salários e vai pagar a PLR descontando os dias em que a empresa esteve parada por causa da pandemia.

A votação online foi encerrada às 17h deste domingo. Por causa da pandemia, o sindicato tem feito as votações online, para evitar aglomerações. Na proposta, segundo a entidade, a PLR será paga em duas parcelas, sendo uma até o fim de maio e a segunda em dezembro.

O valor acordado não foi informado pelo sindicato, mas a entidade informou que vai levar em conta os dias em que a planta esteve parada. No início de abril, por causa da pandemia, a empresa colocou os trabalhadores em layoff. No acordo os trabalhadores ainda aceitaram a proposta de revisão salarial ao investe de reajuste. A Gestamp vai fazer a reposição da inflação aos salários.

Em contrapartida, o acordo prevê a estabilidade no emprego até 31 de dezembro e a prioridade na recontratação dos funcionários demitidos na última quinta-feira (14) em caso de aumento na demanda de serviço.

Histórico

Na última quinta-feira (14) a planta decidiu encerrar o terceiro turno e, com isso, desligou todos os funcionários do período. A medida impactou 164 trabalhadores. De acordo com a empresa, a decisão foi tomada depois da queda na demanda de produtos por causa da pandemia.

Em abril, a empresa havia anunciado um Layoff -- suspensão temporária dos contratos -- para 1,2 mil trabalhadores na planta. Além disso, havia decretado redução de jornada e salários de até 25%.

Apesar disso, antes do fim da suspensão de contratos, convocou os funcionários e anunciou as demissões.



Fonte: G1

















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.