Inscrições do Enem 2020 começam nesta segunda em meio a pedidos de adiamento

Prazo vai até 22 de maio. Neste ano, segundo o Inep, todos que têm direito a isenção vão ter o benefício garantido na inscrição, mesmo sem a solicitação.

11 MAI 2020   |   Por Jornalismo  |   11:11
Foto: Reprodução
Inscrições do Enem 2020 começam nesta segunda em meio a pedidos de adiamento
Inscrições do Enem 2020 começam nesta segunda em meio a pedidos de adiamento

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 serão abertas nesta segunda-feira (11) em meio a uma série de pedidos de adiamento (leia mais abaixo). Os candidatos devem fazer o cadastro no site oficial da prova (https://enem.inep.gov.br/participante/) até 22 de maio.

 

Neste ano, as provas presenciais vão ocorrer em 1 e 8 de novembro. A primeira versão digital do exame será em 22 e 29 de novembro.

 

A taxa de inscrição custa R$ 85 e deve ser paga entre 11 e 28 de maio, em agências bancárias, casas lotéricas e correios.

 

Atenção: mesmo aqueles estudantes que obtiveram a isenção da taxa devem se inscrever no Enem. Os candidatos que não pediram isenção, mas se encaixam em um dos critérios para receber o benefício, terão direito mesmo sem a solicitação. O Inep informou vai garantir a gratuidade da taxa de inscrição a todos os participantes que se enquadrarem nos perfis especificados nos editais do Enem, mesmo sem o pedido formal dos inscritos.

 

É necessário entrar no site do exame e informar o número do CPF e do RG. Será criada uma senha de acesso que também permitirá verificar o cartão de confirmação e os resultados do candidato. Também é preciso ter um número de celular e um e-mail válidos para que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza a prova, envie comunicados.

 

Segundo o órgão, até 22 de maio será possível atualizar dados de contato, trocar o município de provas, mudar a opção de língua estrangeira e alterar atendimento especializado e/ou específico.

 

Para os candidatos que precisam de atenção específica, como pessoas com deficiência ou lactantes, a solicitação deve ser feita também até 22 de maio.

 

Entre 25 de maio e 12 de junho, será possível fazer a solicitação de atendimento pelo nome social - caso o participante transexual prefira não ser chamado pelo nome do registro civil.

 

Local de prova

 

O cartão de confirmação será disponibilizado só em outubro, ainda sem um dia específico. Nele, haverá um resumo das principais informações para o candidato: número de inscrição; data, hora e local das provas; dados sobre atendimento especializado (se solicitado); e opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol).

 

Estrutura da prova presencial

 

·         O exame ocorrerá em dois domingos: 1 e 8 de novembro.

·         No primeiro dia, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias, com duração de 5h30

·         No segundo domingo, dia 8 de novembro, será a vez das questões de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias, com duração de 5h

·         Cada prova objetiva terá 45 questões de múltipla escolha.

 

Estrutura da prova digital

 

·         O exame ocorrerá em dois domingos: 22 e 29 de novembro.

·         No primeiro dia, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias, com duração de 5h30

·         A redação será feita em papel.

·         No segundo domingo, dia 29 de novembro, será a vez das questões de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias, com duração de 5h

·         Cada prova objetiva terá 45 questões de múltipla escolha.

 

Fonte: G1

















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.