Soliva encaminha plano de carreira de servidores à Câmara após recesso

Documento prometido em 2016 tem previsão de entrar em votação ainda no primeiro semestre em Guará

13 JAN 2020   |   Por Jornalismo  |   09:43
Foto: Arquivo Atos
Soliva encaminha plano de carreira de servidores à Câmara após recesso
O prefeito Marcus Soliva e o presidente da Câmara Celão; projetos devem ser votados neste semestre

Antes de se afastar para o período de férias, o prefeito de Guaratinguetá, Marcus Soliva (PSB), confirmou que o plano de carreira dos servidores municipais será concluído e encaminhado à Câmara ainda no primeiro semestre deste ano. Promessa de campanha de Soliva em 2016, o projeto é um complemento do plano de cargos e salários, que foi elaborado em 2017.

De acordo com o chefe do Executivo, há uma diferença entre projetos e serão necessários dois planos de carreira, sendo um deles para o servidor municipal geral e outro para os funcionários da secretaria de Educação, que abrange as graduações de professores, coordenadores. Segundo Soliva, o documento está pronto e seguirá para a Casa.

“A gente deve dar prioridade para esse projeto para implantação nesse primeiro trimestre. É um grande anseio de todo o funcionalismo, para ter a possibilidade de ascensão profissional, inclusive nós já nomeamos 56 cargos de confiança de funcionários concursados. Então, cargos de chefia e diretoria, para termos departamentos dentro das secretarias que tenham comando, já tem 56 funcionários que começaram nessas funções”, explicou o prefeito.

A previsão inicial era de que o plano de carreira fosse apresentado e votado entre 2018 e 2019, logo após a implantação do plano de cargos e salários dos servidores municipais. O documento teria sido finalizado antes de dezembro do ano passado, mas não haveria tempo para que fosse apreciado e votado na Câmara antes do recesso parlamentar. “Com o plano de carreira, o funcionário que se dedicar mais, tiver evolução através de cursos de capacitação, cursos superiores, será onde ele terá os percentuais de aumento dos seus salários e isso eu tenho certeza que trará muitos benefícios”, afirmou.

Benefícios – Soliva confirmou que o valor do cartão alimentação dos servidores municipais também será reajustado. De acordo com o prefeito, o aumento será de 33% para este ano. “Nós teremos um reajuste de R$ 300 para R$ 400. Isso dá um impacto de custeio acima de R$ 2 milhões por ano. Mas é importante, principalmente, para o funcionário público que tem a remuneração mais baixa e está na faixa entre R$ 1,2 mil e R$ 1,6 mil”, concluiu.


Fonte: Jornal Atos

















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.