Preço da cesta básica cai no Vale em agosto pelo 4º mês seguido

Queda foi de 1,93%, segundo a pesquisa do Nupes. Cesta mais cara foi a de Taubaté e, a mais barata, de Campos do Jordão.

10 09 2019   |   Por Jornalismo  |   11:00
Foto: Agência Diário
Preço da cesta básica cai no Vale em agosto pelo 4º mês seguido
Preço da cesta básica cai no Vale em agosto pelo 4º mês seguido

O preço da cesta básica caiu pelo 4º mês consecutivo na região. A retração foi de 1,93% em agosto. Entre os produtos que ficaram mais baratos estão o tomate, a cenoura e a batata.

 

O levantamento é do Núcleo de Pesquisas Econômico Sociais (Nupes) da Universidade de Taubaté (Unitau) e foi divulgado na tarde desta segunda-feira (9). A pesquisa é feita em supermercados de quatro cidades da região, sendo São José dos Campos, Taubaté, Caçapava e Campos do Jordão.

 

A cesta básica mais cara no último mês foi a de Taubaté, com preço médio de R$ 1.662,60. A mais barata é a de Campos do Jordão, com preço médio de R$ 1.635,47.

 

Segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do IBGE, a inflação no país em agosto foi de 0,11%. Os preços de alimentos e transportes registram deflação em agosto.

 

Preços mais baixos

 

Dentre os produtos que mais puxaram a queda no custos da cesta, o tomate teve a maior retração, de 30%; seguido da cenoura, com 19%; e a batata de 10%.

 

No caso do tomate, a queda é resultado da maturação rápida dos frutos nas regiões produtoras, sendo Rio de Janeiro e Minas Gerais, favorecidas pelo clima mais quente. A cenoura é resultado da produtividade crescente, também associada ao clima favorável. A batata teve o volume de produção elevado, tendo oferta no mercado.

 

'Vilões'

 

Os produtos que apresentaram maior elevação nos preços em agosto foram a cebola, que subiu 6,7%; banana nanica, com alta de 4,74; e o alho, que subiu 4,4%.

 

Fonte: G1

















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.