Bebê nasce dentro de carro de aplicativo a caminho da maternidade em Resende

Fotógrafa conseguiu registrar o momento que eles chegaram na maternidade, minutos depois do parto espontâneo. Mãe da criança nasceu do mesmo jeito, só que dentro de uma viatura da Polícia Militar.

20 08 2019   |   Por Jornalismo  |   11:45
Foto: Reprodução
Bebê nasce dentro de carro de aplicativo a caminho da maternidade em Resende
Bebê nasce em carro de aplicativo em Resende, a caminho da maternidade

O motorista de aplicativo Paulo César de Moura fazia uma corrida no dia 8 de agosto quando foi surpreendido de uma forma que jamais imaginava: o nascimento de um bebê dentro do seu carro.
 

Pâmela do Nascimento estava grávida de nove meses e solicitou a corrida para dar à luz na maternidade. De acordo com o motorista, quando eles estavam quase chegando no local, a mulher começou a gritar.

 

“Ela começou a falar, gritar que rompeu a bolsa... 'Moço, pelo amor de Deus, vamos lá'. Quando estávamos quase chegando, eu ouvi o choro, a criança nasceu. O carro estava em movimento, nenhum momento eu parei o carro’’, explicou.

 

A fotógrafa Michele Sauer cobria um evento na maternidade e conseguiu registrar o momento em que eles chegaram à unidade médica, minutos depois do parto.

 

 Pâmela contou que no dia do nascimento da Valentina, ela fez tudo que já costumava fazer: arrumou a casa, serviu café para os filhos, levou o mais velho para escola e seguiu para casa da sogra com o filho mais novo.

 

Chegando lá, as contrações foram ficando cada vez mais fortes e não deixaram dúvidas de que o bebê iria nascer. Em seguida, ela solicitou a corrida para a maternidade, mas não esperava que a bolsa rompesse no meio do caminho.

 

''Não era para ser ali, né? Até então, eu esperava que chegasse na maternidade. Foi muito surreal’’, contou Pâmela.

 

Foi então que se repetiu uma história que já tinha acontecido há 24 anos: Pâmela também nasceu dentro de um carro, a caminho da maternidade, só que em uma viatura da Polícia Militar. Dois agentes ajudaram no nascimento dela.

 

Sobre o nome da filha, a mãe diz que sente muito orgulho da coragem da criança e da forma que o nascimento aconteceu.

 

''Só dela sair sozinha sem a minha ajuda, ela já é muito valente. Foi muito corajosa ela sair sozinha ali, espontaneamente, foi muito valente'', explicou orgulhosa.

 

Emocionado, o motorista de aplicativo deseja os melhores sentimentos para a recém-nascida, Valentina. ‘ Saúde, paz, felicidade, tudo de bom para ela. Tudo que eu quero para os meus filhos, em dobro é o que eu quero para ela’’, finalizou Paulo César.

 

Fonte: G1

















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.


RC PLAy