Realizado o desfile cívico comemorativo ao 87° aniversário da Revolução Constitucionalista

Comemorações e homenagens aos ex-combatentes são uma forma de resgate da história

10 JUL 2019   |   Por Jornalismo  |   11:00
Foto: Prefeitura Municipal de Cruzeiro
Realizado o desfile cívico comemorativo ao 87° aniversário da Revolução Constitucionalista
Desfile comemorativo ao 87° aniversário da Revolução Constitucionalista

Nesta terça-feira (09), aconteceu o hasteamento das bandeiras e o tradicional desfile cívico em comemoração ao 87° aniversário da Revolução Constitucionalista, na Avenida Major Novaes em frente à escola Arnolfo Azevedo. Na época, a escola foi transformada em quartel-general paulista e foi o local onde ocorreu a assinatura do armstício.

O desfile encerrou o ciclo de comemorações que se iniciou no domingo (07) com a troca do manto de Nossa Senhora Aparecida e homenagem no Túnel da Mantiqueira. Na segunda-feira (08), os soldados do 5° Bil de Lorena dispararam tiros em salva e fizeram toque de silêncio no Mausoléo dos Ex-Combatentes, no Cemitério Santa Cruz.

A cidade de Cruzeiro é a Capital da Revolução Constitucionalista de 1932. O título honorífico foi instituído pela Lei Estadual n° 13.203 de 10/09/2008. De acordo com o prefeito Thales Gabriel, o título é importante para a história da cidade.

“Nós tivemos aqui as batalhas, no Túnel da Mantiqueira, tivemos aqui o principal ato da Revolução que foi o próprio armstício. Então Cruzeiro tem esse potencial muito forte que conta uma história muito bonita do Estado de São Paulo e do Brasil”, disse o prefeito.

Na ocasião do desfile, foi realizada uma homenagem às personalidades que fizeram parte deste episódio histórico. A ex-vereadora professora Aurora Mota divide os momentos de sua vida com os da Revolução e foi uma das homenageadas.

“A nossa casa lá na fazenda foi a enfermaria dos soldados, então eu cresci naquele clima de revolução, com sete anos eu já sabia tudo sobre a revolução e todo ano no dia 9 de julho em casa eles faziam assim, rezava-se o terço e havia procissão até a boca do túnel”, disse Aurora.

Reportagem: Fernanda Prado

















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.