Greve na AmstedMaxion continua pelo segundo dia seguido

Trabalhadores reinvidicam aumento no valor da PLR

11 JUN 2019   |   Por Jornalismo  |   10:08
Foto: Divulgação / Sindicato dos Metalúrgicos
Greve na AmstedMaxion continua pelo segundo dia seguido
Funcionários da Amsted Maxion entram em greve em Cruzeiro.

 

Pelo segundo dia, de acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos, a greve na empresa AmstedMaxion continua. Os trabalhadores reinvindicam o aumento no valor oferecido na Participação de Lucros e Resultados (PLR). Em entrevista a Rádio RC Vale, no programa Show do César Roza, na manhã desta terça-feira (11), o presidente do sindicato, Jacy Mendes, afirmou que a empresa tem um faturamento milionário o que não justifica o valor oferecido de R$ 1 mil. A categoria defende que o valor seja de R$ 4 mil.

“Não é o sindicato que faz a proposta, quem pede o valor é o trabalhador, ele que nos procurou e foi feito um plebiscito e ele que estipulou o valor  de quatro mil reais e mais um ano de garantia e a empresa não quer, ela só ofereceu para os seus trabalhadores mil reais se no ano passado ela deu cinco mil e oitocentos”, disse Mendes.

Em nota divulgada no dia de ontem, a empresa respondeu que houve reuniões desde o final de abril para a negociação da Participação nos Lucros e que apresentou ao Sindicato as dificuldades enfrentadas por conta da retração dos investimentos, mas as propostas foram negadas o que deflagrou a greve na tentativa de forçar a empresa a efetuar um pagamento acima da sua capacidade econômica o que exclui a possibilidade de negociação.

 

Reportagem: Fernanda Prado

















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.