Campanha de vacinação contra gripe segue até o dia 31 de maio

Campanha teve início no dia 10 de abril

15 MAI 2019   |   Por Jornalismo  |   09:33
Foto: Reprodução

A campanha de vacinação contra gripe na cidade de Cruzeiro ainda não atingiu a meta de vacinar 90% do público alvo que inclui crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, idosos acima de 60 anos, trabalhadores da saúde, puérperas (mães que realizaram o parto no período menor que 45 dias), gestantes, pessoas com doenças crônicas e professores. Segundo dados, fornecidos pelo setor de vigilância epidemiológica, até o momento apenas 49% desta população aderiu a vacinação. O grupo que está com a cobertura mais baixa são os profissionais de saúde.

A vacina protege contra três tipos de vírus o H1N1, H3N2 e o influenza B. A contraindicação é para pessoas que têm alergia grave a ovo ou que tiveram reação grave a vacina na dose anterior. O prazo para o fim da campanha é dia 31 de maio. O setor de vigilância epidemiológica destaca a importância da vacina como a principal forma de proteção contra o perigo causado pelo vírus da gripe.

Segundo a chefe da Vigilância Epidemiológica, Ana Elisa Toledo, a baixa procura pela vacina pode ser explicada por dois fatores principais, as altas temperaturas que faz com que pessoas não percebam o risco do vírus entrar em circulação e as notícias falsas que espalham possíveis reações provocadas pela vacina que de acordo com Ana Elisa não ocorrem. “Existe uma corrente de pensamento bastante ilusória que fala que a vacina causa autismo, no entanto, isso não acontece, o Ministério da Saúde desmente essa informação, a vacina é eficaz e o que falta é a população tomar consciência sobre a importância da vacinação”, disse Ana Elisa.



Reportagem: Fernanda Candido

















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.