PM faz megaoperação integrada na RMVale para combater crime

Operação tem como objetivo diminuir índices de criminalidade do Vale e realizar mais prisões e apreensões; policiamento ostensivo terá integração de órgãos como o Detran, Polícia Civil, Guarda Municipal, entre outros

11 ABR 2019   |   Por Jornalismo  |   09:21
Foto: Reprodução

A Polícia Militar vai realizar nesta quinta-feira em toda a RMVale uma megaoperação que vai integrar forças policiais militares, civis, rodoviários, federais, guardas e órgãos fiscalizadores, como o Detran.

A ofensiva tem como principal objetivo garantir a segurança pública e combater a criminalidade na região que tem a taxa mais alta de homicídios de São Paulo.

"A ideia é que a união de esforços possa contribuir para a melhoria das condições de segurança da região, principalmente no que tange os homicídios que vem sendo praticados por rivalidade do tráfico e latrocínios", afirmou o coronel José Eduardo Stanelis, comandante da PM em toda a região.

A meta da operação será a captura de criminosos, além do combate contra desmanches e o tráfico de drogas, entre outros delitos.

ESTRUTURA

A operação acontecerá nos moldes da São Paulo Mais Seguro e Rodovia Mais Seguro, realizadas em todo o estado.

Todo o contingente da polícia militar, além dos órgãos parceiros, estarão nas ruas atuando em conjunto.

Participarão além do 1º Batalhão, 41° (Jacareí) e 46° Batalhões (zona leste e Caçapava), a Companhia de Aviação PM, Polícia Rodoviária, Polícia Ambiental PM, 3° BAEP, Polícia Civil, Detran e a Prefeitura de São José com a Guarda Civil e equipe de posturas.

De acordo com o comandante, equipes da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) também participarão da ação.

"O objetivo é que cada órgão realize os serviços de forma integrada, um ajudando o outro, repassando informações", afirmou o coronel. De acordo com ele, outras operações como esta serão realizadas em toda a região de forma esporádica.

Taxa de homicídios da RMVale supera a média do estado de São Paulo

De acordo com dados da SSP (Secretaria de Segurança Pública), a taxa atual é de 13,65 vítimas por 100 mil habitantes no Vale -- no período de março de 2018 até fevereiro de 2019. A média no estado é 6,96 vítimas por 100 mil e na capital de 5,93. No último levantamento feito pelo governo estadual, a região teve 53 homicídios e dois latrocínios no primeiro bimestre (total de 55 assassinatos), contra 57 no mesmo período em 2018 (54 homicídios e três latrocínios).

A cidade de São José dos Campos apresentou queda de 64,2%, tendo queda de 12 homicídios e 2 latrocínios nos dois primeiros meses de 2018 para 5 homicídios em janeiro e fevereiro de 2019. Já Taubaté e Jacareí tiveram alta nos homicídios. Taubaté teve 3 homicídios para seis, além de um latrocínio. Em Jacareí, a alta foi de 2 homicídios para 5.


Fonte: OVale


















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.