Telefonia e bancos lideram lista de reclamações do Procon na RMVale

Empresas de serviço de telecomunicações, como TV por assinatura e telefonia e bancos comerciais são os principais alvos de reclamações de consumidores do Vale do Paraíba; cobrança indevida é o principal motivo

08 JAN 2019   |   Por Jornalismo  |   09:35
Foto: Reprodução

As reclamações sobre telecomunicações e assuntos financeiros lideram o ranking do Procon-SP na RMVale. De acordo com o Sistema Nacional de Informações sobre Defesa do Consumidor, a região teve 92.055 reclamações sobre empresas durante 2018.

Os assuntos financeiros, que incluem demandas sobre cobranças indevidas, juros calculados de forma errada, entre outras, foram responsável por 37,8% das reclamações na região.

As reclamações sobre empresas de telecomunicações, que incluem assuntos relacionados a desbloqueio de celulares, cobrança indevida, quebra de contrato, entre outros, corresponderam a 30,8% das demandas das unidades do Procon nas cidades de Caraguatatuba, Cruzeiro, Cunha, Guaratinguetá, Jacareí, Lorena, São José dos Campos, Taubaté e Ubatuba.

DEMANDAS.

Em São José dos Campos, o problema mais comum encontrado pelos consumidores foi de cobrança indevida ou abusiva (45%) e rescisão ou alteração unilateral de contrato (4,23%).

Na cidade de Jacareí, as demandas mais comuns foram também de cobrança indevida (30,14%) e sobre SACs (Serviço de Atendimento ao Cliente), por falta de resposta, demora no atendimento, entre outros. Já em Taubaté, reclamações sobre cobrança indevida também foram a maioria (28,27%) e a segunda maior reclamação foi a de produtos com vício (defeito) (8%).

Em Guaratinguetá, o Procon também atendeu mais reclamações sobre cobrança indevida (18,63%) e em segundo lugar, o maior número de atendimentos foi sobre dúvida sobre cobrança, com relação ao valor, reajuste, contrato e orçamento.

As empresas que lideram as reclamações de bancos comerciais e empresas de telecomunicações, como empresas de telefonia celular, TV por assinatura, entre outras.

Em São José dos Campos, a empresa que mais teve reclamações foi a Sky, de TV por assinatura. Logo em seguida, foi a TIM, que oferece serviço de telefone celular, além da Claro, que disponibiliza ambos os serviços citados.

As reclamações sobre bancos foram as que lideraram as demandas no Procon de Jacareí. As empresas que mais foram alvo de reclamações foram bancos que oferecem empréstimo consignado, como o BMG.

Procon-SJC solucionou 86,9% das queixas durante o ano de 2018

O Procon de São José dos Campos solucionou 86,9% das queixas em 2018. De acordo com a direção da entidade, o índice de solução teve um aumento de 1,7 ponto percentual o índice de resolutividade em comparação ao mesmo período anterior. A entidade realizou eventos com a Univap com 200 processo e 68,5% deles terminaram em acordo.


Fonte: OVAle

















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.