Empresa de Taubaté investe em criação de camarões fora do mar

Animais ficam em tanque com água salgada e ambiente adaptado com técnica importada da França. Novidade tem entre clientes até restaurantes do litoral.

05 DEZ 2018   |   Por Jornalismo  |   09:57
Foto: Reprodução

Uma empresa de Taubaté (SP) decidiu investir em uma criação de camarões fora do mar. Os crustáceos são desenvolvidos em condições controladas por meio de uma técnica francesa e, em pouco mais de um ano, a criação já desperta a atenção de restaurantes na região pela praticidade de compra do camarão fresco.

Todo o processo acontece dentro de uma estufa. Os tanques contêm água trazida do litoral para receber os camarões, que chegam do Rio Grande do Norte ainda como larvas. Após receberem todos os cuidados, eles aumentam de tamanho e chegam a pesar entre 15 a 20 gramas.

"Colocamos no tanque previamente adaptado. Durante três meses, elas vêm menor que uma pulga e chegam a esse tamanho", explicou o biólogo do projeto, Dalton de Nilson.

A ideia de criar camarões longe do mar surgiu na França. No estado de São Paulo só existem dois criadouros, o de Taubaté e outro em Bauru.

O projeto começou apenas com um tanque e após um ano passou para cinco. A novidade tem conseguido conquistar novos clientes, entre eles, até um restaurante de Ubatuba, no litoral norte paulista.

"Tem o período de defeso, que se encerra no final de setembro. A partir daí, você só tem camarão congelado. Nós temos camarão fresco o ano inteiro. Você tem outra textura, outro sabor e outra qualidade para oferecer", disse Daniel de Faria Pereira, produtor.

O chef Maurício Santana explica que ter o alimento fresco é um diferencial para alguns pratos. "É muito diferente trbalhar com produto congelado e trabalhar com o produto fresco. O sabor é melhor no caso do fresco", disse.


Fonte: G1

















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.