Justiça determina apreensão dos 2 adolescentes que mataram motorista de Uber

Carlos Sergio Santos de Souza foi morto no dia 21 de novembro, vítima de latrocínio

05 DEZ 2018   |   Por Jornalismo  |   09:45
Foto: Reprodução/Facebook
Justiça determina apreensão dos 2 adolescentes que mataram motorista de Uber
Carlos Sergio Santos de Souza foi vítima de latrocínio Reprodução/Facebook

A Justiça determinou a apreensão de um adolescente de 17 anos na tarde desta terça-feira (4) acusado de matar o motorista de Uber Carlos Sergio Santos de Souza no dia 21 de novembro. O outro jovem, de 16 anos, que participou do latrocínio (roubo seguido de morte), está apreendido desde o dia 27 de novembro.

De acordo com o delegado Thiago Amaral, responsável pelo caso, o adolescente foi apresentado na Vara da Infância e Juventude onde foi ouvido pelo promotor e pelo Juiz.

“Esse jovem foi ouvido pela DIG no dia 24 de novembro, mas como não estava em flagrante e não havia ordem judicial de apreensão ele foi liberado. O Judiciário foi comunicado e o menor intimado para audiência, que foi realizada nesta terça. Após ratificar sua confissão, o juiz determinou a apreensão.”

O outro jovem de 16 anos que está detido desde o dia 27 de novembro foi apreendido ao confessar o latrocínio. Segundo a DIG, ele foi detido em razão de um mandado referente a outro crime. Os dois permanecem na Diju (Delegacia de Polícia da Infância e Juventude) até que surja vaga na Fundação Casa.

Entenda o caso 

Carlos Sergio foi morto após os dois adolescentes forjarem uma corrida de Uber, em uma tentativa de roubar o carro. O motorista teria reagido ao assalto e, segundo a DIG, ele tentou tirar a arma de um dos jovens e levou dois tiros.

Carlos Sergio Santos de Souza era casado e tinha dois filhos de 7 e 11 anos. De acordo com a família, ele era conhecido por sua calma e bom humor, trabalhava há três anos como motorista de Uber.


Fonte: Meon
















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.