Homem de 51 anos é preso por morte de empresário em Campos do Jordão

O homem também é comerciante e é pai de um jovem de 25 anos preso na última semana suspeito do crime.

13 MAR 2018   |   Por Jornalismo  |   09:25
Foto: Reprodução/Facebook
Homem de 51 anos é preso por morte de empresário em Campos do Jordão
Empresário foi morto a tiros em Campos do Jordão

Um homem de 51 anos se apresentou à polícia nesta segunda-feira (12) e confessou ter matado um empresário de 58 anos em Campos do Jordão no último dia 28. O homem é pai de um jovem de 25 anos preso na última semana suspeito do assassinato. Segundo a polícia, o homem de 51 anos já estava com a prisão decretada pela Justiça e será encaminhado para um presídio em Taubaté.

Dirceu Bravin, dono de uma pousada no Capivari, foi encontrado morto em um terreno no bairro São Cristovão, atingido por ao menos quatro tiros.

Segundo a Polícia Civil, à época foi levantada a suspeita do envolvimento do agressor no crime, pois ele e Dirceu travavam uma uma disputa judicial por causa da propriedade onde o corpo de Dirceu foi encontrado.

Um jovem de 25 anos foi preso no dia 6 de março suspeito de ser o autor dos disparos. De acordo com a polícia, ele foi detido por ser dono do carro flagrado em imagens na propriedade momentos antes do crime.

Nesta segunda-feira (12), o pai dele se entregou à polícia e confessou ser o autor do crime. Em depoimento, ele disse que agiu em legítima defesa.

“Ele contou que saiu de casa com o carro do filho naquele dia e teve uma discussão com Dirceu, que estaria armado. Ele disse que atirou para evitar ser atingido. Apesar disso, nós não encontramos a arma que estaria com Dirceu”, explica o delegado responsável, Luiz Geraldo Ferreira.

Segundo a defesa do homem, ele vinha sendo ameçado por Dirceu, por isso comprou a arma. No dia do crime, o homem alega que Dirceu sacou um revólver. Para se defender, o homem atirou antes.

A Polícia Civil informou que ainda vai analisar a participação do filho no crime. Ele permanece preso.

Os advogados dos dois homens presos disseram que vão pedir a soltura do filho e ingressar com recurso para que o pai responda em liberdade.

Fonte: G1

















Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.